Leila Maria Silva Barbosa,  publicações

O Éden

fonte: internet

Acadêmica Leila Maria Silva Barbosa

“Em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos.”


(Saint-Exupéry)

Fomos criados para viver em um jardim: o Éden. “Deus plantou um jardim, em Éden, no oriente e aí colocou o homem que modelara. Deus fez crescer do solo toda espécie de árvores formosas de ver e boas de comer, e a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal.” (Gn 2, 8-9).


Traduzindo o simbolismo da linguagem bíblica, sabemos que nossos primeiros pais, enquanto permanecessem em estado de santidade e justiça original, não iriam nem sofrer, nem morrer.


“Viveriam, em paz no jardim, cultivando-o e guardando-o.” (Gn 2, 15).


É toda essa harmonia da justiça original prevista para o homem por desígnio de Deus que foi perdida pelo pecado de nossos primeiros pais. Resta-nos a nostalgia do paraíso perdido e a esperança de reencontrá-lo através da suprema misericórdia divina.

Felicidade

Talvez sejas doce utopia…
Mas, o fascínio de tua magia
eletriza minha alma de poeta
que belos sonhos arquiteta.
Sabendo-te plena, radiosa,
vislumbro apenas réstias de tua claridade,
aquecendo a chama de esperança
de encontrar-te, um dia, ó felicidade.

Então, far-se-á bonança
no íntimo de meu ser.
E encontrarei o sentido de viver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *